quarta-feira, 18 de novembro de 2009

A recordar

Valongo, nosso torrão
.....

Pela nossa freguesia,
De beleza sem igual,
Anda com muita alegria
O seu «Grupo Coral».

A saudar toda a gente,
Nesta quadra festiva,
A pedir o seu presente
Para que o «Grupo» viva.

Valongo, nosso Torrão
Nele o Marnel a passar,
Levando em turbilhão
As águas da serra ao mar.

Com votos de bom Natal
E também dos Santos Reis
Presente o «Grupo Coral»
P'ra que dele vos lembreis.

P'ró ano se Deus quiser
Cá estaremos de novo
Neste salutar mister
De saudar o «Povo».

Nota: - Esta letra é da autoria de um grande amigo, Nelson Morais Rachinhas, falecido em 11 de Novembro de 1987, de Carvalhal da Portela, marido da D. Helena Botelho Leitão Rachinhas, professora jubilada, mas, como se deixa perceber, havia uma parte musicada, da autoria de Manuel da Fonseca Morais, de Arrancada e também já falecido.
Estes versos cantados serviram para uma actividade de angariação de fundos para o Grupo Coral da Igreja e a ele faz referência o Jornal paroquial «Valongo do Vouga», no número de Janeiro de 1976.
Porque já lá vão 33 anos, quase 34, fica para recordar...
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...