quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Coisas e Loisas - 6

Nos meus arquivos, vou encontrando alguns documentos, como este que em 7 de Dezembro de 2000 a Internet nos permitia obter. Em vez de adaptar o seu conteúdo à actualidade (embora ainda não tenha decorrido assim tanto tempo), pensei em transcrevê-lo exactamente como foi obtido do site do "PúblicOnline" daquela data. O seu conteúdo é o seguinte, com este título:
......

Por Que Agridem os Chefes?
Gravura colhida no blog administracaointerativa.blogspot.com
«O objectivo pode nem sempre ser tão explícito como forçar a pessoa a sair da empresa. O apetite pela máxima produtividade é, regra geral, a causa maior. As exigências começam na administração, passam pelas chefias intermédias, descem às inferiores e estas, por sua vez, exigem aos funcionários o cumprimento de objectivos em prol do capital.
E são precisamente os chefes em contacto com os funcionários os que, no entender do sociólogo Elísio Estanque, são os principais agressores. "Controlam pequenos grupos e criam nestes núcleos microfascismos, que provocam um enorme desgaste nas pessoas."
O primeiro sintoma é a exigência de uma "dedicação militante ao trabalho", descreve o especialista. "E, quando as pessoas começam a invocar direitos ou instâncias, o chefe de um modo geral não aceita e começa a desencadear uma série de pequeninas vinganças." Nestes pequenos núcleos, onde o lado informal das relações é mais visível, tornam-se mais confusos os direitos e as posições das pessoas.
Por outro lado, as novas tendências na sociedade, sobretudo um maior individualismo, propiciam este tipo de agressões. "As pessoas recorrem mais a determinados subterfúgios, usam máscaras, são menos directas, porque as condições de competitividade para a conquista do posto acima, do reconhecimento, assim obrigam."

R.B.»
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...