quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Recordando

O comboio descarrilou
........
Estava de volta de algumas fotografias e encontrei a que a seguir apresento. Nesta fotografia, como facilmente se percebe, mostra uma barreira que desabou em consequência de um temporal há já alguns anos, no início de 2001, junto da linha férrea do Vale do Vouga.

O que sucedeu depois deste desabamento é também para recordar. Para isso, socorri-me da notícia que entretanto redigi e foi publicada no semanário local «Região de Águeda», de 16 de Fevereiro de 2001. Ao reler tal notícia achei interessante aqui deixar este escrito bloguista.
Resumindo, no espaço de 48 horas, duas composições ferroviárias descarrilam na linha do Vouga, a poucas dezenas de metros do apeadeiro de Carvalhal da Portela. E dizia assim na notícia:

«Após a notícia sobre o desabamento de uma barreira de terra, junto ao apeadeiro de Carvalhal da Portela, que colocou em perigo a normal circulação de comboios, podemos anunciar que as composições voltaram a circular entre Sernada e Aveiro (e vice-versa). Porém, no passado sábado, dia 10 do corrente [Fevereiro de 2001], cerca das 14 horas, precisamente no local onde se encontra diminuida a faixa de terreno entre a linha férrea e a barreira que ruiu com o temporal, uma composição que circulava no sentido Sernada-Aveiro, próximo daquele apeadeiro, descarrilou.»
E mais abaixo:
«Na última segunda-feira, dia 12 [de Fevereiro de 2001] a automotora que fazia o mesmo percurso e à mesma hora, voltou a descarrilar, exactamente no mesmo local do incidente anterior, ou seja, junto da barreira desabada.» Mas as obras de reparação, como se nota, já tinham começado.
Seguem-se mais umas explicações mas o que interessa é a foto da barreira que desabou no local indicado e a digitalização da notícia publicada por aquele periódico, para recordar...

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...