quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Coisas da Guiné - 11


Um livro: - Guiné Sol e Sangue
«Isto» é uma habitação. Façam o favor de entrar. A localidade chama-se Có. Foto de Abril de 1965
Do livro «Guiné, Sol e Sangue», de Armor Pires Mota, ex-combatente na Guiné, 1963-1965, CCav 488, BCav 490, respigamos, com a devida vénia ao autor e amigo, da página 62 daquele seu livro, Editora Pax, 1968, esta passagem, que admiro:

«Guiné, misteriosa com rondas de feitiços e magias, terra de cruz, sonho e glória, céu liso e tardes de sol em brasa calcinando o chão, as almas. Terra de irãs e vertigens, hoje sou um pouco de ti e da tua gente: tenho no sangue as tuas veias, porque amoldei tanta vez o meu corpo, a tremer, à poeira dos caminhos avermelhados ou às algas dos pântanos doentios. Tenho no sangue o sangue da tua gente: carreguei com um negro ferido, dei pão ao garotio, admirei o ébano das raparigas, tenho, para recordação, uma tábua de marabú, um terço de mandinga e uma ligeira cicatriz.
Porque será que, embora, sofrendo, hoje te adoro, terra de sol e azul em fogo?»
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...