terça-feira, 1 de setembro de 2009

Usos e Costumes

Vilarinho - Talhadas


Continuando na senda das cantigas, recolhidas por volta de 1989, ou antes, hoje recordamos duas quadras de um apontamento por mim manuscrito, no qual sobre o canto superior direito escrevi a palavra «Vilarinho».
Este nome só se pode referir ao lugar de Vilarinho, da freguesia das Talhadas, e as nas quadras, que a seguir se transcrevem, entre a primeira e a segunda, escrevi a palavra «Coro:». Isto quer dizer que havia, entre as duas, um coro que cantava qualquer coisa. Mas em vez de qualquer coisa que se cantava, apenas fiz uns traços indicativos desse facto e mais nada.
Está a assim:

Chamaste-me galo riço
Por eu nascer em Janeiro.
Só tenho pena de um dia
Não ir dormir ao teu poleiro.

Coro: ---------------------
---------------------------

Chamaste-me coradinha
Do alto da oliveira.
Não hei-de casar contigo
Prefiro ficar solteira.

Como se pode ver com facilidade, há aqui um diálogo entre um rapaz e uma rapariga. Mas para além disto e da brejeirice com que as quadras se apresentam, nada mais sei.
Pois; também sei que é uma pena não saber o resto.

********************

A propósito de recolhas, referi antes que tínhamos obtido indicações adequadas quanto à recolha de uma moda de roda, conhecida pela «Carvalha da Barroca».
Encontrei agora alguns elementos escritos, que dão a ideia do que era essa modinha. Simples, como simples eram as modinhas que o povo utilizava no seu tempo de confraternização, de relacionamento e de ócio, brincadeira e de festa.
Essa cantiga, que me parece muito curta, mas é apenas o que tenho nos meus apontamentos, diz assim;

A carvalha da barroca,
Hei-de a mandar cortar.
Tenho o meu amor doente,
Não posso ver verdegar.

(Entra aqui um estribilho do seguinte teor)

Ó de ginga-ginga
Ó de ginga-ginga bem.
Quem quiser dançar o ginga
Abraça-te a mim meu bem.

A palavra verdegar quer dizer verdejar, tornar-se verde. Não sabemos, no estribilho, se se cantava «Ó de ginga-ginga» ou se se cantava «Ó se ginga-ginga», porque a letra não está muito perceptível. Mas parece-me que será a primeira hipótese.
A primeira vez que esta cantiga foi apresentada foi no cine-teatro S. Pedro.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...