segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Os nossos cantinhos

Cumeada
....
Quem conheceu estes arrabaldes do lugar de Aguieira - a Cumeada - era assim denominado por ficar já fora do lugar e situava-se entre pinhais extensos e densos, onde não morava ninguém. Os primeiros ali a chegar e a residir foram o sr. Augusto Miranda (pai do capitão Miranda, lá residente, - a que pomposamente chamava à sua modesta casa, em mosaicos colocados numa parede, a «Praia Miranda»-, o António do Emílio - assim mais conhecido - avô do nosso actual presidente da junta, Carlos Alberto Carneiro Pereira - que se dedicava à agricultura e ia fabricando uns adobes para construção, juntamente com o filho (pai do Carlos Alberto), também Carlos, há pouco tempo falecido.
Falta ainda mencionar uma pessoa e propositadamente a historiamos no fim. Chamava-se António Ferreira da Silva e foi onde criou onze filhos, numa casa feita de tábuas, no local onde hoje reside um dos filhos, Raúl Ferreira da Silva.
Actualmente sabemos e conhecemos o que é e o que representa aquele grande aglomerado populacional.
Para dizer, a terminar, que aquele topónimo não sei donde é originário. Já assim era conhecido no princípio do século XX. Foi ali que nasceram os primeiros campos de futebol como já aqui historiei.
Então, vai daí, existem placas a indicar a sua localização. E uma delas está no centro do lugar de Aguieira, junto da ponte. E alguns «inteligentes» que na sua massa encefálica só devem ter vocação para inventar e fazer o que não devem, não só nesta como em tantas outras que por aí se vêem, lembraram-se - que raio de inteligência - de apagar uma letra e ficou assim como a foto demonstra. Não é que tenha muita influência. Até é capaz de ter alguma graça.
Mas quem queira identificar, fica ali a pensar o que será o «Cume da». O cimo da... o alto da...
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...