quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Eclesialmente

Diaconado em Portugal assinala 25 anos
O que é o Diaconado Permanente


O serviço às mesas das refeições – que evoluiu para o que actualmente é designado de actividade sócio-caritativa – caracterizou a instituição do diaconado, ainda na primitiva comunidade cristã de Jerusalém.
Com a passagem do tempo, a Igreja passou a considerar o ministério como uma etapa prévia à recepção da ordenação presbiteral, tornando-o transitório.
O Concílio Vaticano II, terminado em 1965, restaurou o carácter permanente do primeiro dos três graus do sacramento da Ordem. A novidade chegaria à Igreja portuguesa dezanove anos mais tarde.

******

Diácono: - Esta palavra significa "assistente" ou "servidor". Foram chamados "Diáconos" os escolhidos para servirem aos pobres da igreja de Jerusalém. Estes começaram a dedicar-se também à pregação. São os auxiliares dos "bispos". Todas estas definições podem ser vistas e interpretadas através das seguintes passagens bíblicas: João 2,5-9 (os que serviam); Actos 6,1-7 (os primeiros sete diáconos foram Estêvão, Filipe, Prócuro, Nicanor, Timão, Parmenas e Nicolau;) Actos 6,1-7,60 (os mesmos mais a descrição do martírio de Estêvão); 8,5-40; (a pregação e os milagres de Filipe) Filipenses 1,1 (apresentação e início da carta aos Filipenses, sendo citados os bispos e os diáconos. Foi na cidade de Filipos, que se deu início à evangelização da Europa e a carta, juntamente com a carta aos Colossenses e Filêmon, são conhecidas e escritas a partir do cativeiro de Paulo).

Pode ver ainda a notícia e explicações aqui
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...