quinta-feira, 20 de maio de 2010

As coisas da vida

História de fim de vida



Acabei de saber que faleceu a srª D. Maria Pereira de Jesus, que nasceu em 2 de Dezembro de 1930. Morava na Covão. Constituiu família com José de Matos Pinheiro, ainda vivo, mais conhecido pelo «Formiga», por ser filho de Manuel Pinheiro Formiga e de Maria José Matos, de Aguieira. Conheci-os a todos.
Deste casal há alguns filhos, que não vejo há já vários anos.
A srª D. Maria Pereira de Jesus era natural da vizinha freguesia de Lamas.
Perguntarão porque é que trago para aqui o falecimento desta pessoa. Haverá alguma razão ou um motivo considerado importante? Do meu ponto de vista há, sim senhor...
Nos anos 50 do séc. XX conheci a srª Maria, ainda em Lamas. Com mais outros companheiros costumávamos, aos domingos, fazer os nossos passeios. E um deles, em certo dia, foi até Lamas, ponte de Vouga e arredores. Tinha na altura uma velha máquina fotográfica que trabalhava, às vezes, como podia. Fazíamos e fizemos várias fotografias, das quais algumas já aqui tiveram postura. Dessas fotografias, guardo uma, que agora, quando tomo conhecimento do falecimento da srª Maria (por sinal com muito boas relações com a minha mãe) liguei imediatamente o fatídico acontecimento à existência desta fotografia, que agora reproduzo por digitalização.
Nela, é possível, do lado esquerdo, na fonte de Lamas, ver a srª Maria e José Matos Pinheiro, do lado contrário, quando este fazia, talvez, as primeiras abordagens de namoro. Ao lado da srª Maria, um pequeno grupo de jovens moças, que agora não consigo identificar, mas que eram, naquele tempo, as guardiãs das raparigas, quando algum rapaz se abeirava de uma delas.
Deixo esta pequena recordação, ao mesmo tempo que presto a minha homenagem a uma pessoa do povo, simples (extensiva à família), que teve uma vida vivida com algumas dificuldades, como era a vida de um tempo que não queremos que volte.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...