segunda-feira, 1 de março de 2010

A Junta de Freguesia na história - 18

Chegada da República à Freguesia

No último apontamento sobre a Junta de Freguesia na História, foi-nos dado conhecer que a influência da implantação da República chegou a esta freguesia no dia 20 de Outubro de 1910.
É isso que nos dá conta a acta desta data que, para não alongar, passamos a transcrever:
.......

Aspecto parcial da freguesia de Valongo, certamente diferente do que era em 1910

«Auto de posse da Junta de Parochia Republicana da freguesia de Vallongo do Vouga»

«Aos vinte de Outubro de mil novecentos e dez, anno primeiro da Republica Portugueza, compareceu na sede da freguezia de Vallongo do Vouga, pelas três horas da tarde, o Administrador do concelho d'Agueda, cidadão Eugenio Ribeiro, munido de plenos poderes para investir nos cargos de vogaes da Junta de Parochia da mesma freguezia os cidadãos effectivos, João Baptista Fernandes Vidal, Albano Ferreira da Costa, Adelino d'Almeida Duarte, José Gomes da Fonseca, Antonio Simões Corredoura; Substitutos, Alberto d'Almeida Duarte Sucena, Lino d'Almeida e Silva, Manuel Simões Novo, Antonio Gomes Pedriano, Ambrósio Gomes dos Santos - os quaes depois de prestarem, digo, depois de declararem pela sua honra desempenhar com fidelidade as funções em que foram investidos, entraram na posse dos respectivos cargos. Assistiram ao acto e vão assignar o presente auto, alem do Administrador, o digno parocho da freguezia e os cidadãos João Baptista Fernandes de Souza, secretário da Junta cessante, Manuel Fonseca Corrêa Saraiva, João Corrêa Saraiva, Joaquim Gomes dos Santos, Luis d'Arede Coelho, ambos Vereadores, João dos Santos Ferreira Paula, Antonio Corrêa Saraiva, Manuel Pinheiro da Silva. Deste auto vai tirar-se copia para ser enviada ao cidadão Governador Civil de Aveiro.
Seguem-se as assinaturas de:
-João Baptista Fernandes Vidal
-Albano Ferreira da Costa
-Adelino d'Almeida Duarte
-Antonio Simões Corredoura
-Jose Gomes da Fonseca
-Alberto de Almeida Duarte Sucena
-Lino d'Almeida e Silva
-Manuel d'Almeida Novo
-Antonio Gomes Pedriano
-Ambrosio Gomes dos Santos
Em tempo: Declara-se que houve engano no nomeado vogal substituto que em logar de Manuel Simões Novo é Manuel d'Almeida Novo.

-Eugénio Ribeiro
-Celestino d'Almeida Branco
-João Baptista Fernandes de Souza
-Manuel Fonseca Corrêa Saraiva
-João Corrêa Saraiva
-Joaquim Gomes dos Santos
-Luis Arede Coelho
-Antonio Correia Saraiva
-João dos Santos Ferreira Paula
-Manuel Pinheiro da Silva
-Adjucto Fernandes de Oliveira»

(Respeitada a redacção da época)

Com este simples auto, entrou oficialmente o regime republicano na freguesia de Valongo do Vouga. Não tem nada de especial a apontar, a não ser o que a história conta, mas que as actas, certamente, omitem, por não ser assunto que se devia reportar. Vamos ver um naco dessa história numa acta próxima.
Nesta acta apenas surge um pequeno pormenor. A mesma não menciona qualquer cargo ou presente na assistência, de que talvez a maioria tenha assinado o auto, mas no final do mesmo está a assinatura do cidadão Adjuto Fernandes de Oliveira. Este nome não consta em qualquer local da acta. Pelo que sabemos, este nome devia ter alguma afinidade com outra pessoa, de nome Manuel Fernandes de Oliveira, este de Aguieira e que foi pai de Manuel Augusto Borges de Oliveira, também ali residente no Covão.
Um outro pormenor que fica registado e é conhecido: o primeiro presidente da Junta de Parochia, no regime republicano, foi o prof. João Baptista Fernandes Vidal.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...