segunda-feira, 26 de abril de 2010

A história local

As Meninas Mascarenhas
A capa do livro


Temos andado por aqui a relatar em folhetins alguns factos pitorescos da história de duas famílias, que teve por base a custódia de duas meninas, conhecidas pelo apelido de Mascarenhas. O livro foi editado a 'coberto' do jornal «Valongo do Vouga» que, como temos informado, era seu director o Pe. António Ferreira Tavares.
A capa do livro é a que está antes digitalizada, para que seja conhecida de toda a gente que passa por aqui. Mas a intenção quer ir mais além desta resumida informação. Por isso, é que se coloca uma característica especial, porque tudo no livro é original, até a capa. Quem foi o autor do desenho dessa capa?
E é por isso que hoje mesmo nos lembramos de trazer ao conhecimento público, o que terá sido feito noutra altura e em outras circunstâncias, a informação do autor dessa capa, cujos desenhos alusivos ao tema principal que o livro contém, foi depois transformado numa tipografia.
E dizemos como foi. O Pe. Tavares queria fazer a publicação do livro. Era necessário haver alguém com a veia para o desenho. A partir daí foi um instante, quando uns anos antes tinha sido por mim sugerido que o cabeçalho do jornal acima referido fosse desenhado também por alguém com jeito e arte.
E a pessoa contactada, que prontamente acedeu ao pedido feito, no caso do jornal e, posteriormente, no livro, foi um conterrâneo já desaparecido do nosso convívio e a quem prestamos, por esta forma, uma singela homenagem, lembrando-o através destas duas pequenas e modestas intervenções. Chamava-se António das Neves Martins de Barros, morava na Carvalhosa e foi ele mesmo o executor, como só ele sabia fazer, do desenho do cabeçalho e do título do jornal e do tema para o livro das «Meninas Mascarenhas».
Penso que tem algum interesse e curiosidade trazer aqui esta informação e a imagem da digitalização.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...