segunda-feira, 21 de março de 2011

No Dia Mundial da Poesia

Hoje comemora-se o Dia Mundial da Poesia. Vivemos também o Equinócio da Primavera. Tudo encaixa perfeitamente na Poesia. E atendendo à especial atenção de duas poetisas da nossa terra, aqui deixamos um poema de autoria de Lucília Mendes, a quem agradecemos o previlégio que nos concedeu, com este título:

Lucília e Isabel Mendes, são ambas autoras de poesia. À direita a autora deste poema

SER POETA


Ser poeta é ser actor
Sem filme onde representar
Ser poeta é sofrer de amor
Quando nem sequer se sabe amar

Ser poeta é ser mentiroso
Porque nas mentiras pode haver verdade
Ser poeta é compartilhar a vida
E mesmo assim morrer de saudade


Ser poeta é não saber falar
Porque a escrever o mundo é maior
Ser poeta é alimentar os dias a pensar
Porque assim as palavras saem melhor


Ser poeta é estar doente
Sem dor nem mal se sentir
Ser poeta é ser confidente
Dos fantasmas que nos insistem em perseguir


Ser poeta é lutar desarmado
Numa guerra que nos invade a cabeça
Ser poeta é viver isolado
Sem a ilusão de que alguém apareça.

Autora: Lucília Mendes

*****
 
Se gosta de poesia e quer ler mais das autoras, clique aqui.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...