quinta-feira, 6 de outubro de 2011

A Junta de Freguesia na história - 87

O imposto braçal ou dia braçal
....
Por várias vezes aqui se tem referido o «imposto braçal» ou o «dia braçal» como era designado. Correndo sério de risco de alguma repetição, este imposto ou a sua substituição por trabalho (por isso conhecido pelo «dia braçal») era muito usado até mesmo depois dos meados do século XX.
Segundo alguns historiadores, que cito de cor, este imposto tinha uma certa conotação de solidariedade, em favor da comunidade, quer no seu contributo pecuniário - que surge depois de ser instituído nas calendas da idade média, cremos - e, se não estou em erro, acabando por ser abolido já no governo de Marcelo Caetano, anos sessenta, século XX. Ou seja, «eclipsou-se» ainda não há muito tempo.
 
......
Por se tratar de uma curiosidade que influía sobremaneira as actividades de uma Junta de Freguesia, e dado que a acta da sessão da Junta de Freguesia de Valongo do Vouga, de 25 de Julho de 1915, ainda não se esgotou em notícias, apesar de existir um post recente sobre esta sessão, fica na história daquele ano pós-republicano uma decisão da referida Junta de Freguesia, que é do seguinte teor:
......
«Ponderando-se a irregularidade de alguns cidadãos no pagamento da contribuição do trabalho e o manifesto prejuízo que isso trás a esta Junta e à freguesia, foi resolvido enviar para juízo para relaxe, todos os que, avisados nas formas legais, não compareceram ao serviço nem pagaram nos prazos legais.»
 
.......
Assim mesmo, tal e qual sem mais nem menos...

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...