sábado, 30 de julho de 2011

Brumas da memória - 9

Valongo do Vouga na
Símbolo actual da Emissora das Beiras
retirado do site http://ospestinhas.com/
Emissora das Beiras
.........
Foi assim a notícia do jornal «Valongo do Vouga» de Julho/Agosto de 1984:
......
«No passado dia 14 de Julho, das 14 às 18 horas, houve um programa nesta Emissora inteiramente dedicado à nossa freguesia.
Nele se falou da sua indústria, comércio e demais actividades.
Foram seus intervenientes, por parte do R.C. Beiras, os srs. João de Figueiredo e Justino Silva, e por parte da freguesia os srs. José M. Ferreira e Fernando Jorge Saraiva.»
.......
Recordando:
Para mim, foi a primeira vez que me vi envolvido a participar, via rádio, numa actividade que dizia respeito à freguesia. Nada conhecia dos ambientes de rádios.
Lá fui, juntamente com o Fernando Saraiva, até ao Caramulo, onde se situavam as instalações daquela estação emissora. Hoje designada por Rádio Clube do Centro - Emissora das Beiras. Nesta data estive a recordar, ouvindo a emissão a partir de Tondela - Caramulo, em 91.2.
Os elementos que realizaram o programa, João Figueiredo, era um individuo que veio de Angola, com experiência comprovada nesta actividade. Justino Silva era um conhecido de Castelo de Paiva do Fernando Saraiva, que tinha ligações com o Paivense e que tinha uma função comercial nestes tipos de programas, que teve a colaboração, nesta área, de muitas empresas e estabelecimentos da freguesia e da região.
Nele se falou muito da freguesia. Mas já não lembro alguns conteúdos. Só sei que, a certa altura, através do vidro que separava a sala de emissão dos restantes compartimentos, estando eu nela, o Saraiva, muito preocupado, acenava bastante com um jornal (talvez o «Valongo do Vouga») para que eu não me esquecesse de referir alguém ou alguma coisa, na conversa que estava a ser desenvolvida. Não sei até se seria relacionado com Sousa Baptista, ou prof. Vidal, ou até Insp. Gomes dos Santos.
Após esta primeira experiência, cheguei a passar por outras emissoras, já tinham proliferado muito as Rádios Locais. Posso citar uma que existiu, ainda sem cobertura legal, em Albergaria-a-Velha, da qual era dinamizador o Jacinto Martins. Nela participamos com um grupo de pessoas do folclore da Casa do Povo. E com histórias caricatas, durante a emissão...
Além desta, passei ainda, localmente, pela Botaréu, por mais de uma vez, mas na que participei com mais responsabilidade (diga-se assim) foi na Rádio Moliceiro, em Esgueira, quando a Casa do Povo foi convidada para participar num programa, sobre o Festival de Folclore Infantil.
Já não lembro a data, apenas sei que a apresentação oficial do Grupo de Folclore foi no dia 28 de Junho de 1987 no terreno anexo e propriedade da Casa do Povo.
Celebrou recentemente os 25 anos da sua fundação.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...