domingo, 28 de fevereiro de 2016

Gente destas terras - 50

Os valores da freguesia
Comentário do Insp. Gomes dos Santos

Como por aqui já tenho dito, estamos a compilar notícias do princípio do século XX, da autoria de Antonio Rosa da Silva Magalhães, que residiu em Brunhido e, depois, em Fermentões, quando colaborava com o jornal local, «Soberania do Povo». Foi o mais antigo e assíduo colaborador deste semanário, com mais de cem anos! Nelas (notícias) encontramos factos e coisas históricas que mostram o que era a freguesia e o que é agora. Uma diferença...
Essas notícias são lidas por nós à medida que as vamos "arranjando", seleccionando e colocando-as, informaticamente, conforme a nossa projecção de hipotética composição.
Sem darmos conta, encontramos a que a seguir digitalizamos, deixando na consciência e na pacatez de quem nos ler, se for possível a leitura, a lista de grandes valores da freguesia, que a projectavam ao mais alto altar da sabedoria, da inteligência, do trabalho, valores aliados ao prestígio que lhe davam, os quais, na sua maioria, se perderam por atroz e indesculpável «esquecimento» a que foram votados.
Porém, um outro factor: Referimo-nos a António Magalhães, mas pelo conteúdo e pela redacção, esta evocação é da autoria do Inspector Gomes dos Santos. 
Se ler bem, como procurei fazer nas entrelinhas, vai ver que chega à mesma conclusão que eu.Clique no texto para aumentar mais alguma coisa, se for viável. Se souber mais que eu, como penso, nesta coisa de informática, vai conseguir tornar  o texto maior. Ai, vai, vai...

Fonte: Soberania do Povo de 6 de Julho de 1929.


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...