sábado, 9 de janeiro de 2016

Condes de Águeda

A notícia do nascimento de 
Manuel José Homem de Mello




Fonte: Soberania do Povo de 6-9-1930
O nascimento do Dr. Manuel José Archer Homem de Mello, foi notícia na Soberania do Povo de 6-9-1930. Não foi considerada surpresa, já que o jornal era propriedade da família, e foram figuras públicas de elevado prestígio na vida local de Águeda e seu pai era o director de então deste semanário que agora está a festejar os 137 anos da sua fundação.
Foram seus pais, que chegámos a conhecer, o Dr. Manuel Homem de Mello da Câmara (1º Conde de Águeda) e Maria José Archer Crespo de Figueiredo. O feliz evento ocorreu a 30 de Agosto de 1930.
Seu pai deslocou-se, durante alguns anos, a
Manuel José Homem de Mello
Águeda, a que muito se dedicou. No domingo, 12 de Julho de 1953, mais uma vez o povo Aguedense tributou-lhe o que já era tradicional: uma festa como nunca se vira, na qual participava uma grande parte do povo de Águeda e arredores. Porém, logo após este evento, falecia repentinamente em 14 de Julho daquele ano.

Seu filho, a que nos referimos agora, desde muito jovem se  notabilizou na política, além de se ter tornado um ilustre e prestigiado advogado, com escritório em Lisboa, onde reside.
Do seu curriculum político, permitimo-nos destacar este pormenor:
"Amigo pessoal do ex-Presidente da República, Craveiro Lopes, envolve-se em algumas tentativas goradas de demitir Salazar, designadamente na "Abrilada" de 1961." Aquele, por várias vezes, passou algumas temporadas na Quinta da Aguieira, durante o verão.
Para que esta nota histórica sobre mais um ilustre filho desta terra não se alongue, diremos apenas que temos em nosso poder uma brochura de 32 páginas, onde foi registada uma «alocução pronunciada pelo Dr. Manuel José Homem de Mello, na Quinta da Aguieira, no domingo de 27 de Setembro de 1969 perante mais de 200 pessoas representantes das comissões de apoio à lista da U. N.», nas eleições legislativas que se realizaram neste ano.
Recordamos este facto e temos presente uma outra pessoa que também empolgou os assistentes, naquela Quinta, que foi o Inspector Gomes dos Santos, dadas as suas competências de ilustre orador.
Contraiu matrimónio em  13-10-1953, com Domitília Fernanda da Silva Lagos, do qual houve seis filhos (João Manuel, Ana Mafalda, Teresa Maria, Maria Isabel, Bernardo Miguel e Maria Cristina Lagos Homem de Melo).
Com alguma nostalgia aqui deixamos mais um naco histórico, que confirma o quanto ilustre e importante é esta  freguesia, que tais filhos criou.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...