segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Leandro Augusto Martins - 8


Manifestações de pesar

Após o falecimento de Leandro Augusto Martins, as notícias dando conta do infausto acontecimento e das suas repercussões, principalmente na freguesia de Valongo do Vouga, onde nasceu, a avaliar pelas descrições escritas que nos ficaram do jornal Soberania do Povo do ano de 1927, deixam claramente antever que foi, na época, um duro golpe e, em certa medida, uma surpresa um tanto inesperada.
Ficam as manifestações de quem escreveu, dos familiares, que se serviram da imprensa escrita para agradecer as manifestações de pesar, salientando-se a notícia, redigida por António Magalhães, publicada naquele semanário e que deixamos transcrita por  digitalização.
Após a faustosa inauguração do seu palacete, em Setembro de 1925, Leandro Martins apenas viveu mais cerca de dois anos, pelo que é de admitir que pouco tempo teve para usufruir das condições de habitabilidade que a construção de tal palacete, no princípio do século XX, proporcionava.
No seu estilo peculiar, de realçar a redacção da notícia antes referida de
António Magalhães, que está acrescentada de uma outra nota, que decorreu em 31 de Julho de 1927, na qual dá conhecimento de que neste dia receberam solenemente a primeira comunhão 119 crianças. Este número, em 1927, é manifestamente grande se se comparar com a actualidade.
Termina aqui esta série dedicada a um Valonguense que passa quase despercebido em grande parte da população, que pouco saberá quem foi e do que representou para a freguesia.

(Para aumentar, clique nas imagens)

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...