sábado, 17 de outubro de 2015

Efemérides

Vale do Vouga

Nas pesquisas históricas, como se sabe, andamos à cata de um determinado assunto ou tema e encontramos outros que achamos interessantes. Já o disse recentemente em outro post. É o caso deste.
No jornal Soberania do Povo, que consultamos na Biblioteca Municipal Manuel Alegre, de 6 de Setembro de 1924, encontramos a notícia a seguir transcrita, conhecida, certamente, de muita gente do concelho de Águeda, porque consta até em algumas placas toponímicas da cidade. Foi intitulada:

VALLE DO VOUGA

«Na 2.ª feira, 8 de Setembro, faz 13 anos que Águeda esteve em festa, pois que naquele dia foi inaugurada a linha do Valle do Vouga e passou na estação do caminho de ferro desta  vila o primeiro comboio. Foi por esse motivo ruidosamente aclamado e victoriado o nome do nosso querido amigo e director d'este jornal, sr. Conde d'Águeda, a quem todo o nosso concelho deve tão extraordinário melhoramento. Esta data é das que nunca mais se apagam do coração do povo d'Águeda.»

(respeitada a grafia da época)

Efectivamente foi isto o que aconteceu. E, pelo que se sabe, após algumas 'batalhas', do conhecimento público, entre o Conde de Águeda e José Estêvão (José Estêvão Coelho de Magalhães), ilustre Aveirense, uma vez que, supomos, parece que o projecto do traçado da linha do norte tinha em vista, em primeiro lugar, passar por Águeda, vinda de Oliveira do Bairro, a que José Estêvão se opôs tenazmente para que a mesma tivesse em Aveiro uma estação, como aconteceu.

*****

Esta efeméride coincide -, passados mais de cem anos, com a inauguração do ramal de Aveiro, a 8 de Setembro de 1911 -, com a remodelação da via desde Sernada do Vouga até Águeda, como é conhecido publicamente, deixando os comboios, por motivos de segurança, de andar a pouco mais de 10 Km/hora (chegavam a demorar à volta de uma hora a fazer o percurso Sernada-Águeda), para, actualmente, fazer a mesma viagem em cerca de 15 minutos (dizem-nos). Afinal o Vouguinha, para aqueles que nasceram, estudaram, trabalharam naquele/com aquele comboio, em vista do investimento realizado, ficará para durar e não encerrar, como muitas vezes se chegou a propalar.
Ficam aqui imagens antigas da via, das obras, e a via actual em que o comboio passou a circular com grande à vontade e segurança - pensamos nós de que...

Aspecto do estado da antiga via férrea....

...As obras de substituição de via antiga...

...Pormenor das obras finais, ainda incompletas...
...Visão completa da via já concluída neste local.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...