segunda-feira, 5 de agosto de 2013

A romaria de Santo António d'Arrancada

E o tempo passa!

Quase que faltava tema que fosse de interesse para os amigos visitantes, quando me lembrei que ontem festejou-se, à maneira actual (e não à antiga), o Santo Padroeiro do vetusto lugar de Arrancada.
Dizemos assim, porque penso que ao que parece, temos cá todos os Santos populares na freguesia. Sei que está por aí o S. João, mas não recordo, de momento, onde. Quanto a festejos, parece que o Santo António apresentava-se, entre todos, o mais vaidoso, porque no lugar a festa que lhe faziam era de arromba. Quer dizer, a de maior impacto de todas.
Não vamos agora criar ciúmes aos restantes, porque o Padroeiro da freguesia, São Pedro, coitado, sempre se contentou com poucas ou quase nenhumas festas durante o seu 'reinado' de orago paroquial.
Além de vir a propósito da festa que teve o seu ponto alto ontem, dia 4 de Agosto, deste ano de 2013, vem também mesmo a jeito poder-se recordar o que era o ambiente destas festas no já passado ano de 1952, a 30 de Agosto, quando o jornal Soberania do Povo, publicava a propósito: 
«Realizam-se amanhã e segunda-feira grandes festas a Stº António, com missa solene, sermão e procissão.
Quermesse, corridas de bicicletas, a pé, sacos, Zés Pereiras, etc.
Uma aparelhagem sonora funcionará no recinto das festas.»
É caso para dizer com alguma mágoa: como era, como foi e como é... as coisas dos tempos.
Não parece despropositado, em Agosto, uma festa a Santo António? Pois parece, mas não é. Teve uma origem, uma intenção, mas quem sabe disto é o Joaquim Matos Branco, que conta a história direitinha. Também a sabemos, mas contada por ele fica melhor... porque foi real a partir de 1931, se não estou em erro a intenção de celebrar o Santo António em Agosto.
A foto acima é do Filipe Vidal, que as «distribuiu» ontem pelo Face... e a outra imagem é da Internet. Uma curiosidade! Quando fazíamos pesquisa, encontramos muitas (como é de calcular) imagens do popular Santo António. Sabíamos que é representada com uma criança ao colo. A dita curiosidade é que a criança, numas imagens, está ao colo sobre o braço direito e noutras sobre o braço esquerdo. Porque será?  Alguém sabe?
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...