domingo, 26 de fevereiro de 2012

Brumas da Memória - 12

A Paróquia de S. Pedro de Valongo do Vouga
- António Martins Rachinhas -


A Capa do livro
Apesar de "ausente" destes locais, claro que tinha e tenho por aí matéria mais que suficiente para aqui postar. No que a este diz respeito, tomei a iniciativa de publicar apenas e só quando tudo tivesse sido apresentado.
Ou seja, acaba de aparecer mais um livro da autoria do nosso conterrâneo António Martins Rachinhas, que tem aquele título, e que podia ter aproveitado para me "antecipar". Como disse não o fiz. Tenho o livro em meu poder há uns tempos.
Ontem, dia 25 de Fevereiro deste ano da graça, realizou-se na Junta de Freguesia o acto solene do lançamento deste livro. Como o próprio confidenciou, andou de volta deste trabalho cerca de dez anos. Nós próprios acabamos de saber o trabalho que se suporta com estas coisas.
Isto para dizer o quê?
Para dizer que finalmente começam a surgir iniciativas sobre as terras de Valongo e sobre as suas histórias. E que tantas tem. E porque se torna necessário, imprescindível proporcionar e deixar um legado aos actuais e, principalmente, aos vindouros Valonguenses. Neste blogue tenho-me batido, vezes sem conta, sobre este assunto. Neste livro estão 263 páginas de história e documentação.
Mesa de honra do lançamento do livro
De destacar as personalidades eminentes que ajudaram o António Rachinhas nesta árdua e longa tarefa. E, por isso mesmo, o trabalho ganha em valor, dignidade, fidelidade. Ganha em história local, que, certamente, muitos desconheciam.
O acto solene que acima refiro, teve a presença do bispo emérito de Aveiro, D. António Baltasar Marcelino, que foi também autor do Prefácio, do bispo residencial, D. António Francisco dos Santos que, não estando presente, foi autor do Pórtico que ficou inserido nesta obra.
O salão nobre da Junta foi pequeno para tanta gente. Por isso é de registar ainda a presença de elementos da Junta e Assembleia de Freguesia, nomeadamente Carlos Alberto Pereira e António Manuel Pinheiro da Conceição, de Monsenhor João Gaspar, Eminente historiador, do Dr. Horácio Marçal, da Dr.ª Maria dos Anjos Antunes, a quem o autor pretendeu homenagear, porque seu marido, o Dr. Manuel Antunes de Almeida, foi o autor do prefácio de um outro livro seu, sobre a Escola C+S. De registar a presença do Prof. doutor Delfim Bismark Ferreira de Albergaria-a-Velha, notável historiador. A intervenção de Júlia Magalhães, poetisa popular da freguesia, na sua forma já peculiar, referiu-se a este facto com quadras suas que ofereceu ao autor.
Por isso, retomando as actividades cibernautas, aqui deixo, com ênfase, esta nota.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...