segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Blogues da freguesia - 19

A Poesia da Isamar



Sei, mesmo antes de passar os olhos por estas linhas, o que estarão a magicar. E que será do género: este tipo não tem por aí mais blogues da freguesia com que se ocupar?
Certamente. Mas se volto a insistir neste e com este é precisamente porque, do meu ponto de vista, como é óbvio, aquele que contém matéria mais que suficiente para ser reparado, olhado e até transformado (se as autoras assim o entenderem e consintam) em matéria que fique a perdurar para além desta auto-estrada, que constitui a Internet.
Se quer, concretamente, saber o que penso, é isso mesmo. Arranjar uma selecção, feita por especialista na matéria e fazer com que, dali, nasça um livro da freguesia e para a freguesia. Até em termos pedagógicos.
Numa altura em que se confirma a necessidade, com o que se preocupam algumas pessoas que andam de volta deles, em que a freguesia possua, para consulta ou estudo, alguns livros que dêm a conhecer o que é, o que era a freguesia nos tempos de antanho, parece-nos que não ficaria mal a ninguém que qualquer Instituição pudesse dar um jeitinho e mandar elaborar e imprimir um livro daquelas poesias que, mais tarde ou mais cedo, poderão desaparecer e perder-se o que, no momento, constitui um valioso património cultural desta terra, tão carecida anda destas e de outras coisas.
Sei que o momento não é o mais oportuno... até parece que ando a ver TV, que não é o caso... mas a brincar a brincar, quero dizer as coisas sérias, não para obter favores pessoais, mas para alertar, o que não será necessário, creio eu. Aqui deixo um print screen... o último.
Pensem nisso...

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...