quarta-feira, 4 de maio de 2011

Coisas da Guiné - 36

Um poema na Guiné:
ESPERANDO...

Certamente que muitos dos visitadores  hão-de pensar que estou a insistir muito em coisas da Guiné, do tempo da guerra colonial. É natural.
A digitalização que se segue é de um poema, que tem uma história. O seu autor, o ex-Alferes Armando Augusto Geraldes Soares, da Póvoa de Varzim, que foi um amigo, que me ajudou, e muito, na elaboração do «Jornal da Caserna», cuja história, de tantas vezes contada, não vou repetir.
Um dia encontrei um papel que tinha escrito qualquer coisa. Pela caligrafia, que identifiquei com a maior facilidade, e pelo texto, só podia ser daquele militar companheiro de permanências na Guiné.
Achei graça ao conteúdo, nostálgico, como era a nossa vida em terras de África, e o Geraldes mostrou-se bastante surpreendido quando lho mostrei.
É evidente que isto foi escrito por ele num momento de inspiração e então colocámo-lo no «Jornal da Caserna», com as suas expontâneas ilustrações. Veja, leia, aprecie, que vai gostar.
Com sua licença, dedico este poema aos românticos, aos poetas e poetisas que por aí andan disseminados. Clique na imagem e aumente que fica melhor...


Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...