sábado, 23 de abril de 2011

Efemérides - 9

O folclore da Casa do Povo
A apresentação

Num post anterior sobre a efeméride dos 25 anos do floclore na Casa do Povo, tinha dito que aquela foi a inicial apresentação que se fazia aonde o grupo se deslocava.
Cada grupo tinha sempre uma pequena apresentação, a qual incidia, na generalidade, sobre as coisas da sua Terra.
Disse ainda que traria aqui o que agora se faz. Foi evidenciado, ainda, que as coisas teriam mudado e agora a sua apresentação faz-se com outra linguagem e com algumas cambiantes no aspecto histórico. É isso que fui encontrar e que aqui deixo.

*****

Valongo do Vouga é uma das 20 freguesias do Concelho de Águeda, inserida numa região mais que milenária e o seu nome provavelmente pretende indicar a sua configuração geográfica – “Valle Longum” – onde acaba a planície e a serra começa.
Foi encruzilhada na passagem da serra para o Litoral.
Da serra vinham os almocreves. Do Litoral e Rio Vouga arriba, vinham os homens e mulheres da Beira-Mar com peixe e sal, levando de volta lenha, carqueija e produtos agrícolas.
Ao longo dos séculos a população dos 24 lugares que constitui a Freguesia sofreu as influências de uns e de outros.
Mas tudo se consome na voracidade dos tempos e, assim, nasceu a ideia de preservar as suas origens e tradições, transmitindo-as às crianças e jovens que fazem ou fizeram parte deste Rancho Folclórico Infantil e Juvenil, que com o apoio da Casa do Povo de Valongo do Vouga, pretende representar em ponto pequeno, não apenas a Freguesia mas também a Região do Vouga, rica em tradições e costumes.
Fundado em 1986, temos, ao longo destes anos, participado em inúmeras iniciativas culturais e de Folclore um pouco por todo o País e também no estrangeiro onde já actuamos por 5 vezes, para além de termos organizado 21 Festivais de Folclore, 5 dos quais Internacionais, e ainda a participação num programa de televisão.
Fazem parte do nosso Rancho 46 elementos, vestindo trajes que procuram ser uma cópia fiel daquilo que se vestia na nossa Região, tanto na qualidade dos tecidos como na sua composição, merecendo destaque dois trajes femininos genuínos da nossa freguesia que são a Tricana de Valongo e Mulher de Arrancada, com a particularidade deste último ser feito em tear manual.
No nosso repertório temos as Modas da Região – Região do Vouga, com influências da Região da Bairrada tais como Viras; Verde gaios; Modas em Fila e Modas de Roda. A edição do CD tem por objectivo dar a conhecer o que fazemos, e principalmente termos a garantia de que as nossas tradições não se perderão com a voracidade dos tempos.

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...