terça-feira, 19 de abril de 2011

Blogues da freguesia - 17

Não é necessário evidenciar com um sub-título o que quero apresentar.
Já o fiz em tempos atrás. Fi-lo em relação a tantos outros que por aí andam a «navegar».
E agora volto a apresentar o «print screen» do blogue A POESIA DA ISAMAR. (clique no sublinhado).
Não sei, nem me interessa saber, se têm tido muitas, poucas ou excepcionais número de páginas visitadas.
Não vejo contador, como aqui, porque isto denota que estamos preocupados (como eu) se somos muito ou pouco vistos. Só se o têm «escondido». Mas isso não interessa.
Não tenho qualquer pejo em afirmar que sou um dos frequentadores assíduos desta «obra de arte», pelo seu conteúdo, claro está. Sou frequente «visitador» de outros tantos, pelo facto de terem sempre alguma coisa de novo. Mas, neste caso a que me refiro, além de novo, não consigo explicar como é que tal talento anda «escondido» por estes locais... ou melhor, está à vista de todos, mas, talvez, muitos não o conheçam.
Não me venham com a conversa que estou a bajular... estou a tentar colocar um pouco de visibilidade e de justiça naquilo que a tem e que é da nossa terra, em primeiro lugar. E disse...



Este «lay out» (porque antes não era assim) está mais apelativo, diria que com algum romantismo (poeta é sempre romântico, por muito que não o deixe transparecer) com uma apresentação sóbria e bem composta. Para além disso, e como disse, o seu conteúdo é de uma profundidade pouco comum em pessoas como as suas autoras. Melhor dizendo, a autora e a sua co-autora...
Não inventei. É mesmo como elas o dizem!!!
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...