sexta-feira, 5 de novembro de 2010

O Tempo

Luís Miguel Cintra lê o Eclesiastes



«Todas as coisas têm o seu tempo. E todas passam debaixo do céu, segundo o termo a que cada uma foi prescrito.
Há tempo de nascer e tempo de morrer. Há tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou. Há tempo de matar e tempo de sarar. Há tempo de destruir e tempo de edificar. Há tempo de chorar e tempo de rir. Há tempo de se afligir e tempo de saltar de gosto. Há tempo de espalhar pedras e tempo de as ajuntar.»


(Terceiro capítulo do livro do Eclesiastes lido pelo ator e encenador Luís Miguel Cintra na Capela do Rato, em Lisboa).


Acompanhe o vídeo desta leitura no SNPCultura aqui
Pode ver ainda os dois anteriores vídeos

Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...