domingo, 24 de outubro de 2010

Como os exemplos ensinam

Oração sem fé vai a pé


Sherlock Holmes e o Dr. Watson acampavam na floresta. Estavam prestes a adormecer, deitados sob o céu estrelado, quando o detective perguntou ao seu assistente: «Watson, observe: o que é que vê?».
«Vejo milhares e milhares de estrelas.»
«E o que é que isso quer dizer para si, Watson?»
«Quer dizer que, entre todos os planetas do universo, somos verdadeiramente afortunados por estar aqui na Terra. Somos pequenos aos olhos de Deus, mas muito especiais para o seu coração. E para si, Holmes, o que significa?»
«Significa que alguém roubou a nossa tenda!»

*****
 
Era tudo terrivelmente primitivo, mas é onde muitos continuam presos, tentando controlar e manipular um pequeno e não muito simpático Deus com subornos, promessas e observâncias religiosas desprovidas de adesão interior.


Comentário sobre a parábola bíblica do fariseu e do publicano.
Enviar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...